Clube Esportivo da Penha

Clube Esportivo da PenhaO Clube Esportivo da Penha (CEP) - Corria o ano de 1929 e o mundo sentia os efeitos da maior recessão mundial, com o "crack" da Bolsa de Nova York. Um grupo de dissidentes do "Regatas da Penha" liderados por Plínio Augusto de Camargo, discutia a formação de um novo clube, rio acima.
O nome do novo clube: Clube Esportivo da Penha (CEP). A data escolhida: 1º de janeiro de 1930.
Seu primeiro presidente: O primeiro tenente Barnabé Vieira da Silva.

A primeira reunião formal, realizada no dia 19 de fevereiro de 1930 teve a participação dos senhores Barnabé Vieira da Silva, Alberto Pelosi, Plínio Augusto de Camargo, Arthur de Souza, José Ferreira da Costa e Júlio Veiga.

Entre os assuntos tratados, naquela noite, na Rua São Gerando nº 2, um era relacionado ao carnaval de 30 - o 1º do clube - que seria realizado no dia 3 de março. Essas e outras deliberações podem ser vistas na primeira ata do CEP, exposta no Salão Histórico do clube.
O líder do grupo, Plínio Augusto de Camargo, viria a ser o segundo presidente, a partir de janeiro de 1931.

A Perda do Rio Tietê

Por volta de 1953, o traçado do Rio Tietê foi mudado. A "praia" foi afastada, deixando um enorme vazio e um cenário típico de "pós-guerra". Foi seguramente o único momento em toda a sua existência que o Clube Esportivo da Penha se viu seriamente ameaçado. Com o desvio do rio, o CEP perdeu seu maior atrativo e, por conseqüência, quase que a totalidade de seus sócios.

Os dirigentes daqueles tempos, notadamente Ferruccio Michelotto e João Antonio Sanches Conessa, conduziram importantes campanhas internas e externas, para conseguir atrair sócios e manter vivo o clube. Um desafio gigantesco, mas, felizmente, bem sucedido.

É dessa época o "Ginásio Velho", que até meados dos anos 80 sediou competições esportivas internas, foi palco de inesquecíveis carnavais penhenses e de toda a vida social do CEP. É dessa época também a construção da primeira piscina, construída para substituir os "cochos".

O resultado foi a volta dos associados e o início de uma nova e promissora fase, na qual nesse primeiro ciclo, boxe, atletismo e basquete, bocha, viveram seu período de glória.

Os Tempos Atuais

Clube Esportivo da PenhaO clube que vai do final dos anos 60 até os dias atuais é marcado pela expansão da área, fortalecimento dos vínculos com a comunidade exterior e expansão dos esportes. Várias outras modalidades esportivas aportaram no clube, como o tamboréu, o tênis, o futebol, o futebol de salão, a patinação, o vôlei, a malha.

As atividades sociais ganharam impulso com a construção de salões de festas. O novo ginásio ampliou os espaços à prática dos esportes.

O cenário marrom e desértico do "pós-rio" foi ocupado por um plano de arborização que transformou o Clube Esportivo da Penhanuma verdadeira floresta em pleno centro urbano. Um clube ecológico, como muitos gostam de se referir ao nosso paraíso.

Além da saudade, o Rio Tietê nos deixou uma linda herança, que é preservada e tratada com muito carinho por todos os penhenses: a lagoa e a ilha... o cartão de visita mais bonito do nosso querido Clube Esportivo da Penha.

Clube Esportivo da Penha
Rua Capitão João Cesário, 354 - Penha - São Paulo
(11) 2296-7244

Fonte: Clube Esportivo da Penha



  Sobre o EncontraPenha
Fale com EncontraPenha
Anuncie no EncontraPenha
Cadastre sua Empresa no EncontraPenha (grátis)



Termos EncontraPenha | Privacidade EncontraPenha

Bandeira do bairro da Penha